Neste espaço colaborativo e de distribuição de conhecimento sua presença é fundamental. Aqui compartilho com você estudos, informações, crenças e busco somar esforços com todos e todas que concebem com responsabilidade a desafiante tarefa de educar na sociedade atual

domingo, 12 de julho de 2009

Cipedya -Biblioteca Digital :Biblioteca comunitária sem fronteriras

Ler para mim é um prazer... desde muito pequena leo bastante e logo cedo estava escrevendo poesias para declamar no pequeno tablado de madeira que minha professora colocava toda sexta-feira para a hora do autor, lá no meu grupo escolar que tanto amava. Lembrança importante para mim. Continuo lendo muito. Mas a realidade hoje está assim ...O índice de leitura aluno/ ano não chega a dois livros. Pior ainda: 61% dos brasileiros adultos alfabetizados têm muito pouco ou nenhum contato com livros e entre os 17 milhões de pessoas que não gostam de ler livros, 11,5 milhões possui até oito anos de instrução.

Ninguém merece viver na impossibilidade da leitura e da escrita, pois, em se tratando da escrita, a exclusão provoca certo anonimato das idéias, das opiniões, dos pensamentos... Um anonimato incompatível com o direito de autoria, passaporte para o mundo dos senhores das palavras, dos atores que protagonizam a cena, dos fazedores de história (SOLIGO, Rosaura. PRADO, Guilherme do Val Toledo. Leitura e Escrita: Dois capítulos desta história de ser educador. Campinas, Gráfica da F.E., 2005, p.02).

Registrei estas informações na busca de somar esforços a tantos outros educadores que refeletem diariamente sobre o valor da leitura e da escrita na vida das pessoas em todos os seus aspectos. Aproveito para divulgar uma Biblioteca Virtual que vem sendo colocada a disposição das pessoas na Internet e que neste semestre cheguei até esta informação através de um aluno estudioso que durante as aulas de prática pedagógica de computação elaborou um projeto didático para a inserção desta biblioteca Cipedya no cenário dos que desejam e cá entre nós e todo mundo para aqueles que precisam furar o cerco, serem olhados pelas políticas públicas de inclusão digital, ou seja, serem incluídos desde que se conceba o Computador e a Internet como instrumentos culturais. Então, agora estou cadastrada para compor um espaço da biblioteca digital aberta para ter lá uma estante de textos e obras. Que tal você também fazer a sua ? E poderos compartilhar???
O que é o Cipedya?

O Cipedya apresenta o conceito inovador de Biblioteca Digital Aberta. Trata-se de uma biblioteca colaborativa de documentos digitais, de uso gratuito, associada a uma interface de busca similar aos mecanismos de busca tradicionais. O usuário pode incluir gratuitamente qualquer tipo de documento digital. Basta fornecer as informações do documento, tais como nome do autor, nome do documento e resumo/descrição e em seguida enviar o documento. O documento fica disponível para buscas e download no portal. O nome Cipedya faz referência, por uma lado, à acepção original de cibernética. Por outro, faz referência ao termo enciclopédia. Assim, Cipedya significa "Enciclopédia Cibernética". Em outros termos, podemos dizer que o Cipedya se propõe a se tornar uma biblioteca comunitária sem fronteiras. O Cipedya se alinha a iniciativas como Movimento Acesso Aberto (Open Acces Iniciative) e Creative Commons, entre outros grupos que defendem uma mudança nos paradigmas tradicionais de difusão do conhecimento nas artes e nas ciências na era digital. Também compartilha dos princípios e práticas do que convencionou-se chamar Web 2.0, especialmente no que se refere ao aproveitamento da inteligência coletiva e a vizualização da web como plataforma. Versão BETA O Cipedya foi lançado em versão BETA e pode apresentar falhas e erros inesperados. Contamos com a sua compreensão caso ocorram problemas durante sua utilização do serviço. www.cipedya.com/web/aboutus.aspx

Nenhum comentário:

SBIE 2010

ENTRE EM CONTATO...

Apresentação de Augusto Franco no Nodo PB dia 12.09.09 em Campina Grande

CHAT : Educar na Era Digital

TRECHO DE TEXTO DE PAULO FREIRE

"De nada serve, a não ser para irritar o educando e desmoralizar o discurso hipócrita do educador, falar em democracia e liberdade mas impor ao educando a vontade arrogante do mestre" ( FREIRE, Paulo. Professora sim, Tia não, 1995)

Que tal Ler ??? INDICO PARA VOCÊ

Indico este livro que foi traduzido para o Português:

Homo Zappiens: educando na era digital/Wim Veen, Ben Vrakking: tradução Vinicius Figueira. - Porto Alegre: Artmed, 2009. 141 p.

Educar é um compromisso social

Educar é um compromisso social
Simpósio Integrador-Semana CEDUC/UEPB

Filmes Imperdíveis

  • A sociedade dos Poetas Mortos
  • Desafiando Gigantes
  • O Clube do Imperador
  • O ilusionista
  • O mundo dos insetos
  • O sorriso de Monalisa
  • O triunfo
  • Orquestra dos Meninos
  • Ponto de Decisão
  • Prova de Fogo
  • Quase Deuses
Ocorreu um erro neste gadget

Maior Cajueiro do Mundo no Rio Grande do Norte

Maior Cajueiro do Mundo no Rio Grande do Norte
Localiza-se na praia Pirangi com área de 100 por 80 metros, produção de 70.000 cajus por ano, bem doces e já tem 115 anos. Minha foto predileta de setembro

Foto tirada por mim em 19.07.09

Foto tirada por mim em 19.07.09
É mais importante construir o ninho ou ensinar uma andorinha a voar?

Meu Cenário : UEPB Universidade Estadual da Paraíba

Meu Cenário : UEPB Universidade Estadual da Paraíba
Centro onde atuo no curso de Licenciatura em Computação