Neste espaço colaborativo e de distribuição de conhecimento sua presença é fundamental. Aqui compartilho com você estudos, informações, crenças e busco somar esforços com todos e todas que concebem com responsabilidade a desafiante tarefa de educar na sociedade atual

segunda-feira, 15 de agosto de 2011

Pesquisas começam a apontar avanços no uso de TICs nas escolas


De acordo com pesquisa do Comitê Gestor da Internet no Brasil (CGI.br), divulgada no início de agosto, a presença das Tecnologias de Informação e Comunicação (TIC) já é uma realidade nas escolas brasileiras. A investigação mostrou que 81% das escolas têm um laboratório de informática, sendo 93% deles com acesso à internet. A investigação revelou ainda, que 80% das atividades pedagógicas com utilização de computadores e conexão - pesquisa, projetos temáticos e produção de material pelos próprios alunos - são realizadas somente nesses laboratórios. Denominada ‘TIC Educação’, a pesquisa foi realizada pela primeira vez em 2010 e irá acontecer anualmente, de forma quantitativa. Ao final de quatro anos, um levantamento qualitativo será realizado pelo CETIC.br (Centro de Estudos sobre as Tecnologias da Informação e Comunicação) para avaliar o processo de uso das TIC e mensurar os benefícios que elas podem trazer para o processo de ensino e aprendizagem. Tecnologia e qualidade na educação é um tema bastante debatido no mundo todo. O relatório da OCDE (Organização para a Cooperação e o Desenvolvimento Econômico), divulgado no final de junho, apontou que ainda não é possível medir o impacto positivo que o acesso a computadores e Internet em sala de aula traz para o aprendizado. Para chegar a essa resposta, no entanto, algumas pesquisas começam a investigar a qualidade das atividades desenvolvidas no período escolar e apontar dados qualitativos no desempenho dos alunos. Para Graça Moreira, pesquisadora da área de webcurrículo da PUC-SP, é preciso focar em metodologia. “Para que as TIC possam trazer transformações e melhorias, é fundamental a intencionalidade por parte do educador”, ressaltou ela durante o Programa TV WEB do Grupo de Estudos Educar na Cultura Digital. A Fundação Carlos Chagas, por exemplo, avaliou o desempenho de colégios no município de José de Freitas, no interior do Piauí. Há dois anos, esses estudantes contam com aparatos tecnológicos, como lousas interativas e laptops individuais. O resultado mostra que os alunos que têm acesso a essas ferramentas obtiveram uma média maior do que a daqueles que não usufruem da tecnologia. Outra pesquisa, liderada pela Unesco - órgão das Nações Unidas responsável pela educação - mediu a evolução de alunos que utilizam equipamentos digitais em sua rotina, em Hortolândia, São Paulo. Segundo os dados coletados, o avanço no processo pedagógico desses estudantes foi de duas a sete vezes maior que a dos colegas que frequentam salas de aula comuns. Buscando melhorias em âmbito nacional, a pesquisa ‘TIC Educação’ do CGI será apresentada a órgãos do governo, podendo incentivar novas políticas públicas para solucionar algumas das questões encontradas, como formação de professores e manutenção dos equipamentos. Além disso, os indicadores apresentados servem de avaliação para resultados das ações que já vem sendo promovidas pelos sistemas públicos de ensino. O estudo qualitativo da ‘TIC Educação’, previsto para começar em 2012, se tornará parte do movimento global de compreensão do uso da tecnologia na escola, por meio do ICT in Education, uma avaliação do cenário educacional realizada no mundo inteiro pela Unesco. Saiba mais: Para conferir a pesquisa na íntegra, acesse: http://www.cetic.br/educacao/2010/ CDE: impacto das TICs na educação ainda não pode ser medido http://www1.folha.uol.com.br/saber/948125-impacto-da-tecnologia-na-educacao-ainda-nao-pode-ser-medido-diz-ocde.shtml


SBIE 2010

ENTRE EM CONTATO...

Apresentação de Augusto Franco no Nodo PB dia 12.09.09 em Campina Grande

CHAT : Educar na Era Digital

TRECHO DE TEXTO DE PAULO FREIRE

"De nada serve, a não ser para irritar o educando e desmoralizar o discurso hipócrita do educador, falar em democracia e liberdade mas impor ao educando a vontade arrogante do mestre" ( FREIRE, Paulo. Professora sim, Tia não, 1995)

Que tal Ler ??? INDICO PARA VOCÊ

Indico este livro que foi traduzido para o Português:

Homo Zappiens: educando na era digital/Wim Veen, Ben Vrakking: tradução Vinicius Figueira. - Porto Alegre: Artmed, 2009. 141 p.

Educar é um compromisso social

Educar é um compromisso social
Simpósio Integrador-Semana CEDUC/UEPB

Filmes Imperdíveis

  • A sociedade dos Poetas Mortos
  • Desafiando Gigantes
  • O Clube do Imperador
  • O ilusionista
  • O mundo dos insetos
  • O sorriso de Monalisa
  • O triunfo
  • Orquestra dos Meninos
  • Ponto de Decisão
  • Prova de Fogo
  • Quase Deuses
Ocorreu um erro neste gadget

Maior Cajueiro do Mundo no Rio Grande do Norte

Maior Cajueiro do Mundo no Rio Grande do Norte
Localiza-se na praia Pirangi com área de 100 por 80 metros, produção de 70.000 cajus por ano, bem doces e já tem 115 anos. Minha foto predileta de setembro

Foto tirada por mim em 19.07.09

Foto tirada por mim em 19.07.09
É mais importante construir o ninho ou ensinar uma andorinha a voar?

Meu Cenário : UEPB Universidade Estadual da Paraíba

Meu Cenário : UEPB Universidade Estadual da Paraíba
Centro onde atuo no curso de Licenciatura em Computação